sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Os 10 mandamentos do eleitor (CNBB)



1º. Mandamento – Não deixe de votar
A sua ausência enfraquece a democracia. Se estiver fora do seu domicílio e não for mesmo possível votar, não esqueça de justificar em qualquer local de votação. Se você perdeu o título, não haverá problema, pois você poderá votar com um documento oficial e original de identidade com fotografia que pode ser a carteira de identidade, carteira de trabalho, passaporte ou até mesmo a reservista. Se não souber o local de votação, basta telefonar ou acessar o site da Justiça Eleitoral para obter esta informação. Se você tiver dificuldades de locomoção, informe o cartório eleitoral para disponibilizar a seção adequada.
2º. Mandamento – Não vote contrariando a sua opinião
Não mude seu voto por influência da mídia ou deixando-se enganar por armadilhas publicitárias das campanhas eleitorais. Nem sempre o candidato mais simpático é o mais competente.
3º. Mandamento – Não venda seu voto nem o troque por favores
Não só a compra de votos é crime eleitoral, pois o eleitor que vende o voto ou apenas solicita algo em troca do voto está sujeito a pena de quatro anos de detenção.
4º. Mandamento – Não vote para contentar amigos ou parentes
O candidato que é bom para os outros eleitores, nem sempre será bom para você, principalmente se os parentes e amigos trabalharem para algum político.
5º. Mandamento – Não vote sem conhecer o programa do candidato e do partido dele
Os candidatos e partidos devem conhecer os problemas da população e ter a capacidade para solucioná-los. Analise se têm condições de cumprir o que prometem.
6º. Mandamento – Não vote sem conhecer o passado do candidato
Com a nova Lei da Ficha “ Limpa”, a Justiça Eleitoral tem sido mais efetiva em afastar os maus candidatos. No entanto, é prudente que o próprio eleitor busque melhores informações acerca da vida precedente dos políticos. A internet auxilia muito nesta busca.
7º. Mandamento – Não vote sem conhecer o caráter do candidato
Ter bom caráter significa viver com moralidade, o que envolve a honestidade, sinceridade, a integridade, a confiança e o comprometimento. Não eleja ou reeleja candidatos sem caráter.
8º. Mandamento – Não deixe nenhuma pesquisa mudar o seu voto
As pesquisas podem influenciar quando é muito grande a margem entre o primeiro e o segundo colocado, mas muito pouco entre os tecnicamente empatados.
9º. Mandamento – Não anule seu voto
Voto nulo: o eleitor quer votar, tem candidato, mas erra por não saber votar; isso ocorre quando confirma o número de candidato inexistente ou abandona a urna antes de concluir a votação. Ao contrário do que se pensa, a nulidade de mais de 50% dos votos não anula a eleição.
10º. Mandamento – Não vote em branco
Voto em branco: o eleitor sabe votar, mas não quer votar ou não tem candidato. É o famoso voto de protesto. O voto branco não vai para o candidato ou partido mais votado.

Idealizado pela Coordenadoria de Comunicação do TRE-PR
Cartilha de Orientação Política: A Igreja e as Eleições 2016 - CNBB Regional Sul 2


segunda-feira, 15 de agosto de 2016

As missões de Padre Ibiapina em Campina Grande



SANTA CRUZ, (Recife) Ed. 36, pág. 03; 04/05/1861


AS MISSÕES EM CAMPINA GRANDE

                Nada mais eficaz, nada mais poderoso, e nada mais edificante, do que a palavra de Deus, anunciada pelos seus ministros. Ninguém poderá contestar os frutos que resultam destes trabalhos apostólicos, empreendidos por esses varões santos, que tomam sobre seus ombros o pesado cargo de trabalhar na vinha do Senhor. Esta vila oferece um exemplo autentico do que acima digo.
            O Revmo. Padre Mestre José Antônio Pereira Ibiapina, acaba de missionar nesta Matriz, e eu querendo dar um testemunho de minha gratidão aos serviços prestados por esse varão apostólico, lanço mão da minha rude pena, para que o público saiba dos relevantes serviços a esta vila prestados pelo digno missionário. Antes porém, d´o fazer peço a devida vênia ao mesmo digno missionário, para não ofender a sua grave modéstia, e sua edificante humildade conhecendo o público, que o não faço por bajulação, e nem por querer ostentar de escritor público.
            No dia sábado 9 do corrente mês pelas 4 horas da tarde, nesta vila chegou o Revmo. Sr. Padre Mestre José Antônio Pereira Ibiapina, com o intuito de pregar o Evangelho, sendo acompanhado de um numero crescido de cavaleiros, que espontaneamente o foram encontrar; e tal é o seu zelo apostólico, que não obstante os graves incômodos de sua saúde e da viagem, ele nesse mesmo dia quis missionar, porém conhecendo de sua impossibilidade o aconselhei que tal não fizesse.
            No dia domingo depois de celebrado o Santo Sacrifício da Missa, quando a aurora começava a espargir os brilhantes raios do astro luminoso, que preside o dia, depois de ter feito uma eloquente pratica em honra do Santíssima Virgem, a Senhora da Conceição, Padroeira desta Matriz, acompanhado de todo o povo, que assistia a este ato todo grave, tocante e religioso se dirigiu ao lugar destinado para o cemitério desta vila, e ali com incrível atividade e indizível zelo deu ordem para que fossem abertos os valados para os alicerces das paredes do mesmo cemitério, o que o povo prontamente fazendo, conseguiu em mui pouco tempo esse trabalho, encarregando a administração do mesmo serviço aos Senhores : Leonel Pedro Américo de Almeida, Major João Cavalcanti de Albuquerque & Irmão, José Lourenço Porto, Bento Gomes Pereira Luna, e Antônio Guilhermino de Oliveira Brasil, que se prestaram com gosto e empenho nesta tarefa.
            No mesmo dia domingo às 4 horas da tarde, depois de cantado o terço, subiu ao púlpito o Revmo. Sr. Padre Mestre, e pregou um claro e explicito catecismo, onde mostrou inteligência profunda, humildade crescida, e caridade evangélica; e nos dias consecutivos, todos os ouvintes foram testemunhas das puras e santas doutrinas enunciadas, pelo digno missionário, no qual se encontra todos os predicados de um Sacerdote todo cheio de qualidades não comuns. Apesar do grave incomodo de sua saúde, ele era o mais diligente, já no púlpito, para pregar o Evangelho, repreender o vício e consolar os aflitos; já no confessionário ouvindo de confissão a muitos penitentes e já finalmente no serviço do cemitério, onde constantemente comparecia para animar o povo ao trabalho, a que se tinha dedicado, e nem mesmo as poucas horas, que lhe restavam para um pequeno repouso, ele as desfrutava, porque estas eram empregadas em aconselhar as discórdias, e em promover a felicidade temporal e eterna de todos, que o ouviam e procuravam, aplicando pronto remédio a todos os males com excessiva docilidade.
            Quem vir missionar o Revmo. Padre Mestre Ibiapina, e ler a história da vida de Jesus Cristo verá nele um fiel discípulo daquele Divino Mestre e um sustentáculo de suas virtudes ortodoxas.
            A energia com que repreende, a docilidade com que aconselha, a eloquência e verbosidade com que explica as matérias e verdades da doutrina da Igreja; seu espírito vivo e penetrante, sua alma conciliadora, tudo concorre para que nele se encontre um verdadeiro apostolo das doutrinas de Jesus Cristo; não poupando esforços e sacrifícios pessoas para fazer triunfar a religião e plantar o império da virtude.
            O povo que assistiu a missão correspondeu à expectativa dos seus desejos, pois no pequeno tempo de cinco dias pôde ele conseguir: sendo a conclusão do cemitério, ao menos deixa-lo em muito bom adiantamento; não se observava a mais pequena negligencia, não se via destruição, todos alegres concorriam para o serviço, e todos cantando hinos angélicos carregaram para o cemitério materiais para a sua construção e grande era o desejo de se mostrar o quanto aqui se prezava um Sacerdote distinto, como o Revmo. Padre Mestre Ibiapina.
            Raiou finalmente o dia de quinta-feira, dia marcado para o recebimento da benção apostólica (porque era o último de missão) então se divisava em todos os semblantes um olhar triste e saudoso pela separação do Sacerdote querido e missionário, todos desejavam que ele permanecesse por mais tempo entre nós; porém chegando a hora de pregar, quando apareceu o Revmo. Sr. Missionário, e que fez a sua despedida; então um pranto geral se observou, e ele cheio de toda a humildade pedia aos seus ouvintes que lhe perdoassem todos os seus defeitos; e fazendo recomendações sérias sobre o serviço do cemitério, para o qual havia tirado uma subscrição, que montou em 500$, se retirou deixando-nos na mais amarga saudade, e saboreando dos bens, que nos resultou de sua visita nesta freguesia.
            Aceite, pois, o Revmo. Sr. Padre Ibiapinaos votos de profundo agradecimento meu, e de meus paroquianos, que jamais apagaremos de nossa alma a lembrança do quanto lhe somos devedores.

            Queiram, Srs. Redatores dar publicidade a estas linhas, que muito lhes agradecerá.   Vigário Calisto Correia Nobrega,   Campina Grande, 17 de Março de 1861.

domingo, 14 de agosto de 2016

Ser Pai



Ser pai é ser companheiro, construindo no ninho familiar a grandeza dos filhos, para alicerçar valores que edificam a sociedade.
Ser pai é ser jardineiro,  plantando raízes de virtudes com mãos delicadas, para que o lar seja sementeira de luz e de verdade.
Ser pai é ser herói,  protegendo o espaço sagrado de seu templo-família,  cultivando no coração dos filhos o germe da harmonia.
Ser pai é ser fonte de vida,  inaugurando nossa história com gestos de amor, renovando perenemente a herança da criação. Ser pai é ser poeta,  declamando com carinho os versos de sua vivência,  para cultivar e enobrecer os projetos de nossa existência
Fonte: http://www.portaldafamilia.org/artigos/texto014.shtml


sábado, 13 de agosto de 2016

Programação da Semana da Família 2016 na Paróquia de São Sebastião


Tema: “Misericórdia na Família: Dom e Missão.”

Dia 14/08/2016 (Domingo)

Abertura: 17:00 horas Missa na Igreja Matriz de São Sebastião
Tema: Criados por um Pai Misericordioso

Dia 15/08/2016 (Segunda-feira)

8:00hs / 14:00hs: Visitas aos setores: São Francisco e Santo Antônio
Ponto de encontro: Casa Franciscana
Tema: Criados na misericórdia e para a misericórdia 
19:00 hs: Celebração
Local: Em frente à Dona Terezinha Damião-Rua Pres. Castelo Branco

Liturgia: E.C.C
Animação: Jufra
Dirigente: Fábio

Dia 16/08/2016 (Terça-feira)

Rosário com as famílias
Tema: Procurados pela misericórdia
Horário: 17:30 hs
v  Setores: Santo Antônio, São Francisco e São Sebastião
Ponto de Encontro: Capela Santo Antônio

v  Setores: Cristo Rei e Cristo Ressuscitado
Ponto de Partida: Capela Cristo Rei

v  Setores: Menino Jesus e Nossa Senhora Aparecida
Ponto Encontro: Capela São Pedro

v  Setores: Bom Pastor, Bom Fim e São José
       Ponto de Encontro: Dona Daisa

Encerramento na Igreja Matriz de São Sebastião

Dia 17/08/2016 (Quarta-feira)

19:00 hs: Missa (Renovação Matrimonial)
Local: Igreja Matriz de São Sebastião
Tema: Família e Igreja: Lugares da Misericórdia
*Palestra Manhã– Escola Alfredo Chaves-08h30
*Palestra Tarde – Escola Getúlio Vargas – 13h00
Escola Alfredo Chaves -14h30
Escola Ivan Bichara Sobreira –
Escola Antônia Coelho: 15h30

Dia 18/08/2016 (Quinta-feira)
17:00 hs: Missa e adoração para as famílias
Tema: O Perdão na Família: Fonte de Reconciliação e Libertação

Dia 19/08/2016 (Sexta-feira)

17:30 hs: Via Sacra (Todos os Setores)
Última estação: Igreja Matriz de São Sebastião

Dia 20/08/2016 (Sábado)

Tema: As Obras de Misericórdia na Família e da Família
Palestra: Os Valores
Local: Em frente à Igreja Matriz de São Sebastião com apresentações culturais

Dia 21/08/2016 (Domingo)

Encontro Diocesano da Família
Local: Ginásio do Colégio Estadual em Guarabira
Horário: 08h as 16h – Saída:07h


quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Programação da Semana Catequética 2016

De 21 a 28 de agosto de 2016
Tema: “A força da missão é o caminho para santificar as famílias”

Dia 21 – Domingo
Missa de envio as 17:00hs Igreja Matriz
  
Dia 22 – Segunda-feira
Cinema nas Escolas

Dia 23 – Terça-feira
Terço com as crianças (18:00hs na Igreja Matriz)
Noite Jovem (19:30hs setor Santo Antônio)

Dia 24 – Quarta-feira
Celebração as 19:00hs

Dia 25 – Quinta-feira
18:00hs Terço com as crianças, logo em seguida adoração até as 19:00hs.
19:30hs Luau para a Juventude na Orla da Lagoa, logo em seguida adoração até as 22:00hs.

Dia 26 – Sexta-feira
19:30hs Arrastão pelas famílias

Dia 27 – Sábado
15:00hs Encerramento paroquial na Orla da Lagoa.

Dia 28 – Domingo

08:00hs Encerramento diocesano da semana catequética na cidade de Araçagi

terça-feira, 26 de julho de 2016

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DOS AVÓS 2016

            


Tema: “O Amor dos Avós quando compreendido reconstrói as famílias.”
(Filipenses 1,9)
Lema: “O Amor aos Avós e luz para a sociedade.”
(I Pedro 4,14:20)

Dia 24/07/2016 (Domingo) - Abertura
Missa às 17h na Igreja Matriz de São Sebastião.
Dia 25/07/2016 (Segunda-feira)
Setores: São Francisco e Santo Antonio.
Visitas: 8:00 hs - Zefinha, Sílvia, Rosinaldo e Lourdes.
14:00 hs – Betânia, Vera, Denise e Isabel.
Ponto de Encontro: Dona Lourdes.

19:00 hs: Celebração
Local: Travessa São Pedro
Animação: Jufra
Liturgia: Setor

Dia 26/07/2016 (Terça-feira)
Setores: Bom Fim e Bom Pastor.
Visitas: 8:00 hs - Zefinha, Rosinaldo, Dona Lourdes e Fábio.
14:00 hs: Branca, Marta, Sílvia, Vera, Beta e Isabel.
Ponto de Encontro: Dona Delita.

19:00 hs: Celebração – CDMD – Seminarista
Local: Em frente ao seu Bento
Animação:
Liturgia:

Dia 27/07/2016 (Quarta-feira)
Setores: Menino Jesus e Nossa Senhora Aparecida.
Visitas: 8:00 hs – Sílvia, Zefinha, Fábio e Rosinaldo.
14:00 hs: Betânia, Vera, Branca e Isabel.
Ponto de Encontro: Maria Figueiredo

19:00 hs: Celebração – Raul Neto
Local: Comunidade São Pedro
Animação: Liturgia
Liturgia: Liturgia

Dia 28/07/2016 (Quinta-feira)
Setor: São Sebastião
Visitas: 14:00 hs: Sílvia, Marta, Gisélia, Vera, Beta, Zefinha, Branca, Fábio e Rosinaldo.
Ponto de Encontro: Igreja
17:00 hs: Celebração – Raul Neto
Local: Igreja
Animação: Liturgia
Liturgia: Liturgia

Dia 29/07/2016 (Sexta-feira)
Setores: São José, Cristo Ressuscitado e Cristo Rei.
Visitas: 8:00 hs: Cristo Ressuscitado - Rosinaldo e Zefinha.
14:00 hs: Cristo Rei - Betânia, Vera, Branca e Gisélia.
15:00 hs: São José – Isabel, Fábio, Lourdes e Sílvia.
Ponto de Encontro: Antigo posto
19:00 hs: Celebração
Local: Cristo Rei
Animação: Jovens do Cristo Rei
Liturgia: Setores


“Os avós são um tesouro. A memória de nossos antepassados leva à imitação da fé. A velhice às vezes é feita por causa das doenças e de todo o resto, mas a sabedoria de nossos avós é a herança que recebemos. Um povo que não resguarda e não os respeita não tem futuro porque perde a memória”. Papa Francisco.