domingo, 29 de março de 2015

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA 2015


29 de março ( Domingo) às 16:30h PROCISSÃO DE RAMOS.
Saída da Capela Stº Antônio no Bairro Novo em direção a Igreja Matriz. (Missa Campal)

30 de março (Segunda-feira) às 19:00h GRANDE VIA SACRA
I-Conselho Tutelar
II- Prefeitura Municipal
III- Câmara Municipal
IV-SCFV-PETI
V- Getúlio Vargas
VI- Delegacia
VII- Cartório
VIII- Correios
IX-Praça 15 de novembro
X- Hospital
XI- Escola Alfredo Chaves
XII- Banco do Brasil
XIII- Secretaria de Saúde
XIV- Igreja
Responsável: CPP

31 de março (Terça-feira) às 09:00h MISSA DOS ENFERMOS na Igreja Matriz.
Às  15:00h Terço da Misericórdia e Adoração ao Santíssimo Sacramento, responsáveis:
Seminaristas CDMD. Logo após, 8ª CAMINHADA PENITENCIAL saindo da Igreja Matriz 
para Serra da Raiz. Responsáveis pela espiritualidade no percurso: CDMD.

01 de abril (Quarta-feira) às 18:30h PROCISSÃO DO ENCONTRO.
(saída da imagem de Nossa Senhora das Dores da Capela do Cristo Rei. Responsáveis
 pela procissão: Setores Cristo Rei, N. Srª Aparecida, São Sebastião, Cristo Ressuscitado, 
N. Sr. Do Bom Fim, Frei Damião e São José. Saída da imagem do Senhor dos Passos:
Casa Franciscana, responsáveis pela procissão: Setor São Francisco, Bom Pastor, 
Menino Jesus, São Sebastião. Logo após, CELEBRAÇÃO PENITENCIAL –
 Igreja Matriz. Responsável: Liturgia.
CELEBRAÇÕES DO TRÍDUO PASCAL:
         02 de abril ( quinta-feira), 08:00h Missa dos Santos Óleos – Guarabira
17:00H – MISSA DA CEIA DO SENHOR – Igreja Matriz. Após a missa, 
ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO até a meia noite.
GRUPOS RESPONSÁVEIS:
19:00h – Pastoral do Dízimo, Pastoral da Criança, Liturgia e Catequese.
20:00h – Mãe Rainha, Pastoral da Saúde e Mensageiros da Paz.
21:00h – Apostolado da Oração, Ministros Extraordinários da Eucaristia .
22:00h – Terço dos Homens, Pastoral da Sobriedade e ECC.
23:00h – Pastoral Familiar, Pastoral do Batismo, Grupo de Crisma e CDMD
00:00h- PROCISSÃO DO SILÊNCIO com o Santíssimo Sacramento para a Capela Santa Clara
 ( Casa da Comunidade Doce Mãe de Deus), na Rua São Bernardo.
 Estações da Via Sacra:
  I-CDMD (Capela Santa Clara)
 II- MINISTROS (Residência de Lúcia Vieira – Rua do Comércio)
III-LITURGIA (Residência de Nina de Nicinho – Rua João Vieira)
IV-PASTORAL DO DÍZIMO (Residência de Marta- em frente à lagoa-Rua João Vieira)
V- ECC (Residência da Profª Anali – Rua São Pedro)
VI- TERÇO DOS HOMENS (Residência Sr. João da Igreja- Rua São Pedro)
VII- APOSTOLADO DA ORAÇÃO ( Residência de D. Zarinha –Rua São Pedro)
VIII-  MÃE RAINHA  ( Residência de Dona Iraci- Rua São Pedro)
IX-CATEQUESE ( Residência Sr. Nilson Barros- Rua São Pedro)
X-FRANCISCANOS (Residência de D. Francisca- Rua Manoel Gonçalves)
XI- PASTORAL DA SOBRIEDADE (Residência de D. Minininha – Rua Manoel Gonçalves)
XII-PASTORAL DA CRIANÇA (Residência de Valdinha- Rua Manoel Gonçalves)
XIII-PASTORAL DA SAÚDE ( Residência de D. Eldócia- Rua São Sebastião)
XIV PASTORAL FAMILIAR ( Igreja Matriz)

03 de abril (Sexta-feira) 12:00h OFÍCIO DA AGONIA Igreja Matriz
 15:00hCELEBRAÇÃO DA PAIXÃO DO SENHOR – Igreja Matriz
 PROCISSÃO DO SENHOR MORTO. Percurso da Procissão: Rua São Sebastião, Rua Miguel Pereira,
 Rua 13 de Maio, Rua Bevenuto Ferreira e Igreja.

04 de abril SÁBADO SANTO 21:00h – VIGÍLIA PASCAL – Igreja Matriz.

05 de abril DOMINGO DE PÁSCOA 09:00h SANTA MISSA com batizados 
–Igreja Matriz e  17:00h SANTA MISSA- Igreja Matriz





quarta-feira, 25 de março de 2015

Dez anos do grupo Terço com os Homens em Lagoa de Dentro


O Terço dos Homens de Lagoa de Dentro que comemorou dez anos no domingo, dia 15 de março do ano em curso, tem uma história belíssima que começou em 2004, no mês de março, com apenas 13 participantes. “Estes se entregaram de corpo e alma para que o grupo chegasse aonde chegamos hoje”.
Na tarde do último dia 15 de março realizamos em nossa cidade o aniversário de dez anos. A acolhida ficou aos cuidados da Comunidade Doce Mãe de Deus; Os comentários, com o coordenador diocesano Carlinhos da cidade de Caiçara e o coordenador local, Deda. Houve uma palestra com o padre Cícero Salvador da cidade de Pedro Régis. Para fortalecer a nossa espiritualidade, o Diácono Wellington conduziu um momento de Adoração ao Santíssimo. Seguindo a programação tivemos a “recitação” do Santo Terço e a Missa em Ação de Graças, celebrada pelo Monsenhor José André.
Já se passou uma década de dedicação de todos os participantes para o grupo permanecer vivo. E isso é maravilhoso! Por isso queremos convidar outros homens para participar do nosso grupo. Venha viver essa experiência conosco!

José Feliciano da Silva – Deda
Coordenador da PASTHOM









sábado, 21 de março de 2015

Celebração da crianças: "Eis um tempo feliz..."



Eis um tempo feliz! Esta nova experiência com as crianças, celebrando a Santa Palavra de Deus mensalmente. Como das outras vezes, elas ficam atentas, principalmente na homilia, onde me sento a frente do presbitério e todas ficam ao meu lado. Falo um pouco do Evangelho, depois faço perguntas e elas respondem. Grande tem sido a graça do acolhimento delas para comigo e vice-versa. Conversamos sobre as Cores dos Paramentos utilizados na Liturgia com dinâmicas, muito carinho e zelo pela vida de cada uma delas. No nosso próximo encontro (daqui a um mês) faremos um teatro, logo após a homilia. Eis a nova missão me confiada pelo Pe. André neste tempo feliz. Deus ilumine e guarde a todos.
Diácono Wellington Vilar







quinta-feira, 19 de março de 2015

‎São José e a religiosidade popular


No dia 19 de março a Igreja comemora o Dia de São José. José de Nazaré ou José, o Carpinteiro como é relatado no Novo Testamento. José teria sido o escolhido para a paternidade do Filho de Deus, pois era o noivo de Maria.
 Este dia é dedicado à sua memória como Santo conhecido pela Igreja e tido como o "Tutor de Nosso Senhor". Pela sua profissão, operário, tornou-se o "Padroeiro dos Trabalhadores". Já, pela fidelidade a sua esposa, Maria e dedicação paternal a Jesus, é o "Padroeiro das Famílias".
Sob vários títulos, São José é um dos Santos mais populares do catolicismo. Segunda a crença popular, os agricultores esperam ansiosos que o dia 19 de março chegue com chuvas, pois quando esse fenômeno acontece é sinal de que o ano será bom para a agricultura e os agricultores podem plantar o milho que será consumido no mês de junho durante as festividades juninas. Do contrário, a safra não será proveitosa.
            Como padroeiro dos trabalhadores, uma outra data dedicada ao Santo é o 1º de maio em virtude da passagem do Dia do Trabalhador. Ainda na tradição popular, sobretudo no Nordeste, o Dia de São José é marcado pelas chamas da fogueira acesa às vésperas do dia 19. Já para garantir as chuvas em sinal das secas alguns populares costumam roubar a imagem do Santo de algum vizinho, pois segundo a crença este gesto garante que chuvas aconteçam mais rapidamente.
Na paróquia de São Sebastião, esta data é um marco para a comunidade de São José dos sítios Piabas e Pitombas de Gravatá que tem o Santo como seu padroeiro. Além das celebrações realizadas em todas as capelas e pela Irmandade Franciscana que o celebra com um tríduo todos os anos.
Que São José interceda a seu Filho Jesus por todos os seus.
Aldaberon Vieira– PASCOM

IGREJA E SOCIEDADE

  


   Nesta quaresma a igreja nos convida a uma reflexão muito oportuna através da Campanha da Fraternidade, cujo tema: Igreja e Sociedade. Reflexão essa, que seria desnecessária se obedecêssemos ao principal mandamento, que é Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Bem como uma regra conhecida como a regra de ouro: ‘’ Tudo o que vocês desejarem que os outros façam a vocês, façam vocês também a eles’’. (Cf. MT. 7, 12). Tempo de conversão, de mudança de vida, onde o objetivo principal está voltado para a libertação pessoal, comunitária e social. Ajudando-nos aprofundarmos à luz do Evangelho, em comunhão com a Igreja e a Sociedade, a serviço do povo brasileiro, para a edificação do Reino de Deus. (Objetivo geral da CF-2015)
     É também, tempo de jejum, oração e caridade. Uma oportunidade para nos prepararmos para a verdadeira Páscoa do Senhor.   Abster-se e esvaziar-se de nós mesmos, através do jejum; na oração, devemos buscar o amor de Deus e na caridade, devemos partilhar com amor e cuidado, ao servirmos o próximo sem que propaguemos as nossas ações. A esmola partilha de vida, cuidado amoroso, liberdade de entrega, serviço! A esmola envia para o próximo. Encontro com aqueles que o Estado e a Sociedade não querem. (Madre Teresa de Calcutá)
     “Numa ligação, mais profunda com o lema: ‘‘Eu vim para servir”. ( Cf. Mc. 10, 45  Nos direciona para vivenciarmos a nossa vocação ( seja ela qual for), a partir de nossas ações entre a Igreja e a Sociedade, observando a dimensão da vida, para que todos tenham vida e a tenha em abundância. Bem como, de refletirmos sobre a importância da oração (orar+ação), como cristãos e comunidades de fé. A oração nos aproxima de Deus, na busca pelo seu amor de Pai. Não podemos ter essa aproximação com ele, se estivermos longe do irmão, fechando os olhos para quem precisa de nós. Só podemos afirmar que amamos a Deus verdadeiramente se amarmos o próximo.
        O nosso papel como Igreja, comunidades e cristãos deve prosseguir em cuidar dos irmãos excluídos, seja pela caridade, o diálogo, o acolhimento. Pois todos os que formam a sociedade são filhos de Deus. Em uma de suas falas o Papa, mostra o verdadeiro sentido de sermos igreja. ‘’ Prefiro uma igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e comodidade de se agarrar às próprias seguranças’’. (Papa Francisco).
       Teremos nestes dias, uma oportunidade de repensarmos a nossa prática, em observação aos ensinamentos, levando-nos a sermos verdadeiros cristãos, seja dentro ou fora dos grupos e pastorais; que sejamos atuantes e misericordiosos para com os irmãos que vivem à margem da sociedade. Somos chamados a darmos testemunho diante da sociedade. Não basta apenas orarmos nas igrejas, mas é preciso que saiamos com ações que edifiquem os nossos irmãos e a nós mesmos. Levemos o compromisso de ajudar na construção de uma sociedade Justa, Solidária e de Paz.
               ‘“‘ “Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.” (Cf. MT. 5,9)
Jonalice Justino



sábado, 7 de março de 2015

Mulher, inspiração divina!


 Em homenagem a todas mulheres pela passagem do Dia Internacional da Mulher, o 8 de março, façamos uma breve analogia deste ser que figura a imaginação e a inspiração do homem.
A mulher é inspiração para os poetas, os compositores, os autores e diversos outros profissionais que ilustram e alimentam seus trabalhos com as diversa faces femininas.
Roberto Carlos, conhecido por cantar à mulher em versos musicados já cantou a baixinha, a mulher de 40, a que usa óculos, a atriz, a que é símbolo sexual, a morena, a amada amante, a índia, a de cabelos encaracolados, a indomada, a lade Laura e diversa outras, mas sobretudo a divina.
Não importa a que Maria se refere, suas letras e melodias embalam os corações daqueles que se mostram apaixonados pelas mulheres. Contudo, a Nossa Senhora é ainda uma grande inspiração para aquele que reconhece a verdadeira face da mulher, enquanto filha, esposa, mãe, dona de casa. Que trabalha, cuida, protege, AMA. Foi na inspiração da divina mulher que deu ‘sim’ para a vida e que doa sua vida por outras vidas que o homem inspira-se para o amor.
Não importa a profissão, a mulher sempre será inspiração para a vida. Inspiração Divina.
Salve a mulher lagoadentrense, paroquiana, devota de São Sebastião!
Salve o 8 de março!
Viva a mulher!
Aldaberon Vieira
PASCOM